No âmbito ocupacional, a alimentação saudável dos colaboradores  está diretamente relacionada à sua qualidade de vida e capacidade de apresentar um bom desempenho no trabalho.

Menos saúde se reflete em menor rendimento profissional.

Uma alimentação inadequada pode resultar em alguns possíveis efeitos no colaborador:

  • perda de concentração

  • perda de engajamento

  • perda de proatividade

  • aumento no quadro de distúrbios de saúde;

  • aumento do absenteísmo

  • ocorrência de afastamentos

  • redução na produtividade

Uma empresa que cuida dos seus profissionais, principalmente se as ações forem voltadas à saúde e ao bem-estar é bem vista perante o público-alvo e pela sociedade . A instituição é percebida pelo mercado, isto é, seus clientes e parceiros de forma mais positiva funcionando como um excelente diferencial competitivo.

Agora que sabe do possível impacto negativo que uma má alimentação pode ter na sua empresa, vou te apresentar as possibilidades de ação para melhorar a saúde de seus colaboradores:

Consultas individualizadas:

Atendimento personalizado do trabalhador, levando em consideração a idade, os fatores genéticos, o peso, as patologias e alergias, o tipo de rotina e os hábitos alimentares de cada pessoa.

Palestras:

Conscientização dos grupos por meio de eventos específicos. Os temas abordados podem ter relação da boa (e má) alimentação com doenças; a relação da alimentação com a cognição, álcool, longevidade, etc.

Workshop

Formações sequenciais específicas sobre algum tema, como por exemplo aulas de culinária saudável, alimentação para a saúde da mulher, para a saúde do homem, saúde do idoso. Aqui também se insere curso de atualização para para Manipuladores de Alimentos e elaboração de Manual de Boas Práticas.

Curso de Educação de Adultos
Nutrição Ocupacional
Baseado na Nutrição Funcional 

CONTATE-NOS

Logo Whatsapp pequeno.png
  • Instagram
  • LinkedIn